Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública

O IFHT oferece, inicialmente para as prefeituras do estado do Rio de Janeiro, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública (CST-GP). Um dos grandes diferenciais deste curso é sua duração reduzida por se tratar de um curso tecnológico. Hoje esse tipo de curso já representa 13,5% das matrículas na educação superior e se torna um atrativo para os servidores que precisam ou desejam concluir uma graduação com mais rapidez. Além disso, o IFHT inova oferecendo um curso de graduação na modalidade semipresencial, tornando ainda mais viável para o aluno conclui-lo. Trata-se de um treinamento em serviço, em que é viabilizado ao aluno que continue trabalhando e obtenha uma especialidade. Para as prefeituras significa ter um profissional mais qualificado sem perder sua produtividade.

Dispositivos tecnológicos usados para mediar processos de ensino e aprendizagem

A modalidade a distância representa hoje mais de 15% do total de matrículas em graduação. E isso tem um porquê: ela permite a redução de custos no investimento em uma graduação, pois gastos com transporte, por exemplo, não serão tão altos; maior autonomia por parte do aluno, que tem a possibilidade de gerir seu tempo de estudo; amplitude geográfica, alcançando alunos de várias localidades sem prejuízos a estes; e flexibilidade, permitindo que cada aluno se programe como possível e organize o curso com sua rotina diária e de trabalho. O IFHT é uma unidade acadêmica que possui por princípio estruturante o uso das tecnologias digitais como mediadoras dos processos de ensino e aprendizagem, em seus diferentes níveis, formatos e modalidades. A formação de gestores públicos é uma tarefa que requer constante interface com várias áreas de conhecimento e de atuação profissional, o que está diretamente conectado à multidisciplinaridade, foco de trabalho do IFHT, e o que lhe permite mediar a formação desses profissionais de maneira eficiente e eficaz.

O Legado do IFHT para as Prefeituras

Planta do Esp@ço UERJ

Para a execução da Graduação em Gestão Pública, o IFHT desenvolverá uma rede de salas denominadas ESP@ÇO UERJ. Trata-se de uma rede sociotécnica, projetada pelos pesquisadores do IFHT, que levará virtualmente a Universidade do Estado do Rio de Janeiro aos municípios. Dessa forma, o estudante não precisa mais se deslocar até a Universidade: ele acompanha as aulas à distância, participa dos encontros regionais no ESPA@ÇO UERJ e os conteúdos são apreendidos de forma colaborativa.

O ESP@ÇO UERJ permitirá o desenvolvimento dos processos de ensino e de aprendizagem, de troca de conhecimentos e de experiências, de orientação acadêmica, de projetos que unem grupos multidisciplinares. Seu objetivo é estimular a troca e a articulação local e regional e será usado tanto pela UERJ como por outros parceiros que os municípios possam captar para treinamentos, palestras, fóruns, por exemplo. O IFHT levará para a região um espaço voltado para interações permitidas pelas Tecnologias de Informação e Comunicação que busca a construção de formação humana em nível de ensino, pesquisa e extensão.

Planta do Esp@ço UERJ

Objetivos

Capacitar profissionais capazes de: interpretar a dinâmica Estado-Sociedade no exercício diário de funções e atividades em instituições públicas, refletir sobre as especificidades da administração pública brasileira e, simultaneamente, fazer uso de fundamentos, instrumentos e tecnologias gerenciais que busquem o aperfeiçoamento da capacidade de governar.

Público-alvo & Seleção

Nos primeiros 5 anos de ingresso (10 semestres letivos), o público-alvo serão os servidores das prefeituras do estado do Rio de Janeiro e a seleção será realizada mediante Processo Seletivo Público Específico, isolado do vestibular regular da Universidade.

Carga Horária

O curso tem 2.070 horas e será realizado em no mínimo 4 semestres. Ao final, o aluno receberá o diploma de Graduação em Gestão Pública.

Estrutura do Curso

O curso será oferecido na modalidade semipresencial e está dividido em 2 ciclos: básico e profissional. O ciclo básico é relativo ao primeiro ano do curso e abrange o eixo teórico-conceitual. Já no segundo ano do curso, inicia-se o ciclo profissional que aborda os eixos instrumental e estratégico e oferece 6 ênfases: Educação, Esporte e Cultura, Meio Ambiente, Planejamento Urbano, Saúde e Segurança Pública. Clique aqui para baixar o fluxograma do curso.